domingo, 2 de abril de 2017

Drag Race: AR Giulia Q vs BMW M3 vs Mercedes C63


Neste Drag Race fenomenal, o derradeiro trio: BMW M3 Competition Pack, Mercedes Benz C63 AMG, e o Alfa Romeo Giulia Quadrifoglio. Um fantástico "aviamento", com o Italiano a levar a taça! Fez um arranque fantástico, e não deu hipótese aos alemães.
O seu motor 2.9 Biturbo de 510 cavalos deu tudo, e concluiu a prova de Drag-Race em 11.9 segundos.
Já o BMW M3, concluiu a prova em 12.3 segundos. Em último ficou o Mercedes C63, que fez um tempo de 12.6 segundos.

segunda-feira, 20 de março de 2017

Curiosidade: Renault Clio/Lutecia

O Renault Clio é, sem dúvida, um ícone do automobilismo, no geral. Foi lançado em 1990 para substituir o Renault 5, e desde então passaram 4 gerações do Clio, diversas versões desportivas (como o Williams, o RS, ou até mesmo uma versão V6!), tendo agora recebido um facelift (veja aqui).


Fez um sucesso já previsível na maioria dos mercados em todas as suas gerações, e recebeu variantes de carroçaria para os mercados emergentes que são desconhecidas para nós em Portugal e arredores, como é o caso do Clio sedan.


No entanto, este veículo icónico não é conhecido em todo o lado como "Clio".

O nome Clio pertence à Honda -apenas no Japão- onde é usado para uma rede de concessionários.

Sim, é verdade, Honda Clio soa um pouco mal.



Assim sendo, a Renault teve de pensar num nome para o Clio exclusivamente para o mercado Japonês. A solução foi chamar-lhe Renault Lutecia.

Nomeclatura Lutecia na 1ª geração do modelo

Nomeclatura Lutecia na 2ª geração do modelo

Nomeclatura Lutecia na 3ª geração do modelo

Nomeclatura Lutecia na 4ª geração do modelo

sábado, 25 de fevereiro de 2017

PHOTOSHOP - Alfa Romeo Stelvio Veloce

Mais uma vez, decidi criar um photoshop automóvel, desta vez mostrando uma versão mais apimentada do SUV Stelvio, a Veloce. A versão Veloce, é basicamente o modelo desportivo que se situa abaixo do Quadrifoglio. O Alfa Romeo Giulia já recebeu esse mesmo tratamento, (veja aqui), e muito provavelmente o Stelvio também o irá receber. Para ter uma ideia de como será o modelo, fizemos este pequeno photoshop:


As alterações que realizámos na imagem são basicamente as mesmas que o Alfa Romeo Giulia levou na realidade: Suspensão ligeiramente rebaixada, pára-choques frontal distinto e mais corpulento, jantes específicas para esta versão (apesar de existirem as outras como opcional), e como é claro, a pintura azul típica desta versão em conjunto com os respectivos badges. Também decidi adicionar por bem as pinças de travões em amarelo, que, apesar de estarem disponíveis noutras versões, achámos por bem adicionar nesta versão Veloce, visto que as mesmas foram usadas nas imagens oficiais do Giulia Veloce.


Na versão Super, o Stelvio usa o motor 2.2 Diesel de 210 cavalos, e na First Edition conta com o 2.0 de 280 cavalos a gasolina. Ou seja, os motores do Giulia Veloce são os usados no Stelvio "normal" (Já no caso do Stelvio Quadrifoglio, conta com os mesmíssimos 510 cavalos do Giulia Quadrifoglio). Assim sendo, é difícil prever qual o(s) bloco(s) que a marca usará na versão Veloce. Portanto, aposto no bloco 2.0 de 280 cavalos já usado no Stelvio First Edition e no Giulia Veloce, mas com a potência regulada para uns eventuais 310 cavalos.

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Crash Test - Ford Mustang desaponta



Este é o vídeo oficial da EuroNCAP, lançado a 25 de janeiro de 2017 em que o Ford Mustang de 2017 foi testado em diversos desafios, de modo a classificá-la quanto à sua segurança. Teve um resultado extremamente desapontante, de 2 estrelas, de um máximo de 5 na classificação geral.

A Ford garante que no restyling do Mustang previsto para finais de 2017, o modelo trará melhorias a nível de segurança.


quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

CURIOSIDADE: A origem do nome Renault Talisman

Apesar do nome Talisman na Renault ser recente para nós com a chegada da nova berlina da Renault, a marca francesa já o usa há vários anos para diversos fins, desde protótipos que nunca chegaram à produção, até veículos que nunca foram vendidos na Europa.

Em 2001, a Renault preparava-se para criar uma nova identidade visual, com uma estética mais "radical", que iria ser usada em carros como o Mégane II, o Avantime, entre outros. Assim sendo, surgiu nesse ano um protótipo chamado "Talisman" que apresentava o conceito visual que a Renault iria começar a adoptar.

Protótipo Talisman da Renault - 2001

Protótipo Talisman da Renault - 2001

Entretanto em 2015, foi apresentado o sucessor do Renault Laguna. Ainda não se sabia como se iria chamar, mas sabia-se que não se iria continuar chamar Laguna, para o novo modelo manter uma reputação limpa de problemas do passado que estavam associados ao nome Laguna. Haviam suspeitas que se iria chamar Atalans porque a marca tinha registado a patente desse nome recentemente. 

No entanto, chegou o dia 6 de Julho de 2015, foi apresentado o modelo, e chamou-se Talisman. Em inglês, a palavra significa talismã (amuleto de sorte). Este sim é o Talisman que nós bem conhecemos:



No entanto, não foram só estes os usos que a marca deu ao nome Talisman: antes de 2015, a Renault vendia no mercado chinês uma versão do Samsung SM7 com o logótipo Renault e com o nome Talisman, de segmento superior ao do Talisman que foi agora apresentado na Europa. Enquanto o Samsung SM7 se concentrava no mercado Coreano, a versão Renault vendia-se na China.