domingo, 22 de junho de 2014

A História da Lamborghini


Nos anos 50 e 60, Ferrucio Lamborghini (1916-1993) era o presidente da bem sucedida empresa de tratores Lamborghini Trattori S.p.A..

Ferrucio Lamborghini sempre foi um amante de carros desportivos, e era o dono de um Ferrari 250 GT. Porém, supostamente Ferrucio Lamborghini detectou problemas na embraiagem do seu Ferrari e foi falar com Enzo Ferrari, que lhe respondeu "Você não percebe nada de carros. Vá conduzir tratores!". Confrontado por uma afirmação destas, Ferrucio decidiu fazer a promessa de que conseguiria criar uma marca de supercarros  melhor do que a Ferrari.

A promessa foi cumprida, e poucos anos depois, em 1963, nascia, a 17 km da sede da Ferrari, a Lamborghini Automobili. O primeiro modelo da nova marca doi o 350 GTV, seguido do Miura P400 em 1966, apenas três anos depois.

1970 foi um período conturbado para a fabricante italiana. Devido às crises do petróleo que assombravam o mundo dos supercarros, a Lamborghini foi à falência, tendo sido comprada por um grupo de investidores suiços. Já a divisão de tractores acabou por ser vendida à Fiat. Por esta altura, Ferrucio Lamborghini saiu da marca, tendo morrido em 1993.

Em 1987, a Chrysler comprou a Lamborghini aos investidores suíços. Foi após este negócio que nasceu um dos modelos de maior sucesso da marca: o Diablo. Apesar do modelo ter sido bem sucedido, no final dos anos 90 voltaram as dificuldades económicas, e a marca voltou a ser comprada por investidores, neste caso da Indonésia.

Em 1998, pouco tempo após a aquisição dos investidores Indonésios, a Audi decide comprar a Lamborghini. Actualmente, como a Audi pertence ao grupo Volkswagen, a Lamborghini também pertence, o que reavivou finalmente a Lamborghini das constantes crises.

Sem comentários:

Enviar um comentário