terça-feira, 25 de novembro de 2014

Novo Renault Espace


A quinta geração da Espace, modelo emblemático da Renaut com 30 anos de história, será apresentada na próxima semana no Salão de Paris, que abre as portas a 2 de outubro. Estreia nova plataforma e conta com quatro rodas direcionais. Esta nova geração vem substituir a anterior, que já se encontra no mercado desde 2006.


Já dizia o ditado: “Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades.” É o que acontece com a nova Renault Espace. Deixa de ser monolume para assumir-se como um crossover de luxo. O monovolume “convertido” em crossover é até 250 kg (13%) mais leve em relação ao antecessor. Em termos de dimensões, é 63 mm mais baixo (apesar de ter maior distância ao solo) e 16 mm mais comprido. O coeficiente aerodinâmico também foi melhorado para 0,30. O modelo que estreia a nova plataforma comum CMF da aliança Renault-Nissan para modelos maiores.


Quanto à estética, a marca adotou um aspeto bastante semelhante ao do concept Intiale Paris. A opção por sete lugares pode custar entre 900 euros na versão base Zen e 1200 euros na versão Initiale Paris. Na carroçaria foram utilizados materiais mais leves, nomeadamente alumínio nas portas e capô, além de plástico Noryl nas asas dianteiras e termoplásticos na tampa da bagageira.


Além disso, as motorizações são até 20% mais eficientes. O lançamento em Portugal está agendado para a segunda quinzena de maio, equipada com dois motores Diesel, ambos de 1,6 litros, com 130 e 160cv, este último motor biturbo. A motorização 1.6 dCi de 130cv está disponível apenas com caixa manual de seis velocidades, enquanto o 1.6 dCi Twin Turbo de 160cv conta, de série, com uma de dupla embraiagem de seis relações.


A gama inclui um outro motor de 1,6 litros, mas este a gasolina, com 200cv, acoplado a uma caixa automática de dupla embraiagem com sete velocidades. Estará disponível apenas por encomenda.


A nível de tecnologias destaque para o sistema 4Control, de quatro rodas direcionais, combinado, pela primeira vez, com amortecimento pilotado. A suspensão, assim como a reação do motor e até mesmo o ambiente interior, conta com vários modos, incluindo o Sport.


O interior da Renault Espace apresenta um verdadeiro cocktail tecnológico, com todas as informações apresentadas em formato digital nos ecrãs colocados na frente do volante e consola central, e ainda com recurso a um head-up display. O infotainment faz uso da segunda geração da tecnologia R-Link, acessível através do ecrã de 8,7 polegadas colocado ao centro.


Quanto a preços, a versão 1.6 dCi de 130cv custa 42.040 euros, enquanto o 1.6 dC de 130cv Zen arranca nos 44.540 euros. A versão mais equipada Initiale Paris, apenas disponível com motor 1.6 dCi de 160cv, custa 51.940 euros.

Sem comentários:

Enviar um comentário