terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Audi apresenta SUV movido a Hidrogénio

Audi revelou no dia 12 de Janeiro de 2016, no Salão de Detroit, um novo Concept "irmão" do Concept E-Tron, mas que, ao invés de ter propulsão a Eletricidade, usa o Hidrogénio.


Clique em "Ler Mais" para ler a notícia.



No dia 25 de Setembro de 2015, a Audi apresentou um SUV Concept denominado de E-Tron, completamente alimentado a Eletricidade.

AUDI E-TRON CONCEPT

Se chegasse  à produção, deveria ser apelidado de Audi Q6, devido ao facto de ter dimensões que o situariam entre o Q5 e o Q7. E nos últimos tempos, têm aparecido de facto vários modelos elétricos, várias inovações nesse segmento de combustíveis, e até plataformas especiais para veículos elétricos em marcas como Volkswagen. Porém, a Audi aproveitou o Salão de Detroit para apresentar uma evolução desse Concept. E, ao invés do que se tem vindo a sentir nos mercados, a marca optou por alimentar este concept por Hidrogénio.

NOVO CONCEPT: AUDI H-TRON

Assim sendo, ele não se chama E-Tron, mas sim H-Tron concept. Porém, é de salientar que o Concept E-Tron ainda não está perdido, e espera-se que em 2018 seja lançado com o nome Q6 E-Tron. Mas concentrando-nos neste concept, notamos imediatamente um vivo tom de amarelo, que dá destaque a esta carroçaria 5 Portas, assim como no concept E-Tron. Aliás, na verdade, toda a carroçaria provém do E-Concept. Já a mecânica é um pouco diferente..


Este concept H-Tron tem de facto dados muito diferentes de um veículo elétrico. Tem 275 cavalos, o que pode parecer pouco comparado com os 503 cavalos do E-Tron. Porém, não nos podemos esquecer que essa "monstruosa" cavalagem do E-Tron deve-se ao facto de ter mais que um motor elétrico. E na verdade, as performances anunciadas para o H-Tron são bastante boas. Este concept apresenta as mais recentes inovações da tecnologia da pilha de combustível de Hidrogénio, aplicada a uma inovadora plataforma, cuja arquitetura se assemelha bastante à de um carro elétrico.


________________________________________________

Curiosidade:

É de salientar que a marca que deu o passo para a venda de veículos com propulsão a hidrogénio no mercado foi a Toyota, com o Toyota Mirai. 

TOYOTA MIRAI: VEÍCULO DE PRODUÇÃO

Há alguns anos, a BMW também teve concepts que funcionavam a Hidrogénio, mas nunca chegou à produção. 

CONCEPT: BMW H2R MOVIDO A HIDROGÉNIO

CONCEPT: BMW i8 MOVIDO A HIDROGÉNIO
________________________________________________

O Hidrogénio remove o contra da maioria dos carros elétricos: O tempo de carga e a autonomia. Isso pois, a marca anunciauma autonomia de 600 quilómetros. Já os depósitos de hidrogénio podem ser reabastecidos em apenas 4 minutos. Sendo um veículo 4x4, tem também capacidade para circular com tração dianteira. Este concept consegue acelerar de 0 a 100 km/h em menos de sete segundos, tendo uma velocidade máxima restringida a 200 km/h.


Os três depósitos de hidrogénio (que é armazenado a 700 bar de pressão) possuem um revestimento de plástico reforçado com fibra de carbono. A "fuel cell", alojada do lugar normalmente ocupado pelo motor térmico, é composta por 330 células e é capaz de gerar 110 kW de eletricidade a partir do Hidrogénio, o equivalente a 150 cv. A pilha de combustível consegue funcionar em temperaturas extremas, entre 95 graus positivos e 28 graus negativos.


Este concept tem como principais tecnologias a suspensão adaptativa e melhorias aerodinâmicas ativas durante a condução.

Painel de Bordo do Condutor 

No interior, cabem quatro ocupantes, que poderão dispor de três ecrãs OLED (espera-se que também estejam presentes no próximo Audi A8). Quanto a medidas, este concept tem 4,88 metros e uma bagageira com 500 litros de capacidade (menos 115 litros que o E-Tron devido à mecânica diferente.

Habitáculo do Audi H-Tron

O Q6 deverá chegar em 2018 com uma variante E-Tron. A variante H-Tron deverá chegar em 2020.

Sem comentários:

Enviar um comentário